79% das firmas de contabilidade ficam para trás LGPD






Levantamento feito pela Assertif, consultoria especializada em mineração de crédito, mostra que 79% das pequenas empresas de contabilidade estão atrasadas pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

A pesquisa foi elaborada verificando a presença de editais sobre a captura, armazenamento e gerenciamento de dados nos sites dos pequenos escritórios associados ao Sindicato dos Contadores de São Paulo.

Segundo José Guilherme Sabino, sócio-fundador da Assertif, o empresário contábil deve estar atento ao compliance jurídico e empresarial.

“No caso desse segmento, quase todo o serviço trata de informações sigilosas de pessoas e empresas. No entanto, poucos escritórios de contabilidade cumprem explicitamente a Lei Geral de Proteção de Dados ”.

O especialista explica que mesmo os escritórios que já estão em processo de adaptação, não comunicam o processamento de dados como deveriam.

“Poucos escritórios mencionam o rastreamento de informações online em seus sites. Talvez porque muitos dos sites sejam antigos e não se adaptem aos novos requisitos legais. ”

Vale lembrar que a LGPD entrou em vigor no início do ano e as sanções por descumprimento devem começar em agosto.

“As empresas que não cumprirem as novas regras podem ser multadas em até 2% do faturamento do último exercício, limitado a R $ 50 milhões”, alerta o especialista.

Source