A gigante do petróleo do Brasil reduz seu plano de investimentos de cinco anos



A estatal brasileira de energia, a Petrobras, cortou seu plano de investimento de cinco anos em 27 por cento, para US $ 55 bilhões, impulsionado pelos efeitos da pandemia do coronavírus. Reuters relatado, citando um documento regulatório, que a empresa concentrará seus esforços no desenvolvimento de campos de petróleo em águas profundas na zona do pré-sal, que estima-se que contenha bilhões de barris de petróleo não explorados. Os campos do pré-sal também são o principal ponto de atração do Brasil para empresas estrangeiras de energia.

Dos US $ 55 bilhões que a Petrobras planeja gastar nos próximos cinco anos, a maior parte irá para exploração e produção. Ainda assim, em US $ 46 bilhões, a quantia a ser alocada para exploração e produção até 2025 é inferior aos US $ 64 bilhões planejados um ano atrás.

A empresa também disse que só desenvolverá campos onde possa se equilibrar com os preços internacionais do petróleo de US $ 35 o barril.

Como resultado da revisão de gastos, a Petrobras produzirá menos óleo e gás no próximo ano, disse a empresa, visando uma média diária de 2,75 milhões de barris de óleo equivalente. Isso representa uma queda de 2,84 milhões de bpd neste ano. Relacionado: EIA vê petróleo bruto WTI em média $ 44 em 2021

No entanto, daqui para frente, a produção aumentará, atingindo 3,3 milhões de barris de óleo equivalente em 2024. O impulso virá da zona do pré-sal, que também impulsionará a produção da empresa neste ano. Petrobras disse na divulgação de seus resultados do terceiro trimestre em setembro, que inicialmente esperava uma produção de 2,7 milhões de bpd de óleo equivalente para este ano.

A produção de petróleo bruto dos campos do pré-sal marcou um aumento trimestral de 8,1 por cento para 1,651 milhão de bpd no terceiro trimestre deste ano, principalmente devido à maior eficiência operacional das plataformas no campo de Búzios e ao ramp-up das plataformas de produção em os campos petrolíferos de Tupi e Atapu. Em comparação com o terceiro trimestre de 2019, a produção de petróleo bruto da Petrobras na área do pré-sal aumentou 20,8%.

Por Charles Kennedy para Oilprice.com

Mais leituras principais de Oilprice.com:

Baixe o aplicativo gratuito Oilprice hoje


Voltar à página inicial

.