Agora é oficial: LG deixará o mercado de celulares em 2021

Depois de muitas especulações, a LG confirmou oficialmente nesta segunda-feira (5) que vai até abandonar o setor de telefonia celular.

Em comunicado oficial, a marca afirma que a decisão de deixar a “indústria de telefonia móvel incrivelmente competitiva” permitirá que se concentre em outros segmentos, como componentes para veículos elétricos, dispositivos IoT conectados, casas inteligentes, robótica e inteligência artificial, também a partir de plataformas e serviços para empresas (B2B).

Atividades como suporte ao cliente e atualizações de software permanecerão “por um período de tempo” que varia de acordo com a região, com anúncios específicos a serem feitos ao longo do tempo.

O protótipo LG Rollable.Fonte: LG

Com a saída, é possível que o projeto do smartphone com tela “rolável” da empresa, o LG Rollable, não passe mais da fase de protótipo. Ele foi exibido pela primeira vez em janeiro de 2021 e estava programado para ser lançado este ano.

Os últimos modelos realmente lançados pela sul-coreana foram o experimental LG Wing, o elegante LG Velvet e os intermediários LG K52, K62 e K62 +.

Romance longo

Boatos sobre a saída da LG do mercado foram reforçados a partir de 2021, quando um relatório afirmava que o LG Rollable, projeto de smartphone rolável da empresa, teria ficado paralisado porque todo o segmento seria abandonado.

No início, os executivos da marca negaram que as informações fossem verdadeiras, mas cada vez mais fontes apresentavam novos detalhes. No final do ano passado, já havia terceirizado a produção de smartphones intermediários.

LG Velvet.LG Velvet.Fonte: LG

Um dos motivos que atrasou a saída foi a tentativa de venda da divisão a um interessado, mas nenhum comprador foi encontrado. A Xiaomi é uma das empresas que, segundo a imprensa local, vai tentar absorver o market share em regiões onde a marca ainda era forte.

A divisão móvel da marca sofreu perdas durante anos, mas a empresa estava otimista quanto a uma reviravolta.

E agora?

A divisão será desativada definitivamente em 31 de julho de 2021, mas nem todas as dúvidas já foram respondidas pela empresa.

As fábricas de produção de smartphones no Vietnã e no Brasil têm um futuro “incerto” – podem ser fechadas definitivamente ou transformadas para produzir outros itens. Espera-se que novos anúncios sejam feitos nas próximas semanas.

Anúncio oficial

Em contato com o TecMundo, a LG explicou os motivos da saída do mercado de celulares, apontando principalmente prejuízos. Verificação de saída:

Desde o segundo semestre de 2015, nosso negócio global de celular sofreu um prejuízo operacional por 23 trimestres consecutivos, resultando em um acumulado de aproximadamente $ 4,1 bilhões até o final de 2020. Após avaliar todas as possibilidades para o futuro do nosso negócio de telefonia celular, a Headquarter Global decidiu encerrar esta divisão com o objetivo de fortalecer sua competitividade futura por meio de seleção e foco estratégico. Como uma empresa que valoriza profundamente a contribuição de cada funcionário, cliente e parceiro LG, nos comunicaremos de forma aberta e transparente durante este processo, buscando uma abordagem justa e pragmática, ao mesmo tempo em que atendemos às obrigações legais. É com tristeza que compartilhamos esta novidade com nossos clientes e parceiros que ao longo de todos esses anos nos mostraram confiança e nos apoiaram.

Imagem: LG K62

Source