Aplicativo de driver é morto a tiros em Santa Luzia, na Grande BH | Minas Gerais

Um driver de aplicativo foi morto a tiros na noite de quarta-feira (7), em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar, a família desconhece o envolvimento do menino no crime.

Segundo boletim de ocorrência, soldados da 150ª Companhia chegaram ao local do crime, no bairro Boa Esperança. Willian Mestre Amorim Santos, 25, foi encontrado morto ao lado de seu carro.

Testemunhas disseram aos policiais que a vítima estava chegando ao bairro com um casal de passageiros. O motorista foi surpreendido pelos ocupantes de outro carro branco. Ainda segundo testemunhas, um deles perguntou a Willian: “Vai pagar ou não?”, e ordenou que ele saísse do carro.

Assim que saiu do veículo, a vítima foi atingida por tiros. No local, os militares contaram sete cartuchos de calibre 380 detonados. O menino morreu instantaneamente. Segundo relatos de quem presenciou a cena, os dois passageiros fugiram com o celular do motorista e a chave do carro.

Os pais de Willian negaram à polícia qualquer envolvimento de seu filho com o tráfico de drogas. Disseram apenas que o filho tem “pavio curto” como forma de caracterizar o comportamento do menino.

Até a última atualização deste relatório, ninguém havia sido preso. A polícia busca os suspeitos da prática do crime e o casal, que fugiu com os pertences da vítima.

Os vídeos mais vistos do G1 Minas nos últimos dias:

Source