Após a invasão, PM faz operação no Complexo da Alma


Renata Sena

Dois dias depois do início da guerra de facções que começou no Complexo da Alma, em São Gonçalo, policiais militares realizam uma megaoperação na região e localizaram o local onde os criminosos estavam acampados.


O acampamento foi destruído | Foto: Divulgação

Além dos policiais do 7º BPM (São Gonçalo), também participam da operação PMs do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do Batalhão de Choque (BPChq). Os números finais ainda não foram divulgados, mas a polícia já apreendeu uma grande carga de drogas, localizou carros usados ​​na invasão do Comando Vermelho à comunidade e destruiu abrigos montados por criminosos.

Drogas apreendidas


Drogas apreendidas | Foto: Divulgação

CV ‘rouba’ território dominado por TCP

A guerra de facções no Complexo da Alma, local considerado Sede (HQ) do TCP em São Gonçalo, começou na madrugada desta segunda-feira (30), quando criminosos do CV tomaram a região dominada pelo TCP. Pouco mais de 24 horas após o início da guerra, o clima de tensão na região continua e moradores relatam que a noite foi uma intensa troca de tiros e esta manhã foi instalado um caveirão do 7º BPM (Alcântara) na entrada do Candoza.

A invasão foi registrada pelos próprios criminosos do CV, que postaram vídeos de tortura contra rivais nas redes sociais.

A polícia ainda está investigando relatos e imagens de tortura e mortes no local.