Assalto a banco em Criciúma (SC): polícia prende cinco suspeitos


A PRF (Polícia Rodoviária Federal) prendeu cinco suspeitos no início da noite de hoje por envolvimento no assalto a banco que aterrorizou Criciúma (SC) na madrugada de ontem. As prisões aconteceram na BR-101, na cidade de Passo de Torres (SC), próximo à divisa com o Rio Grande do Sul, e também em Porto Alegre.

A unidade da PRF de Araranguá disse ao Twitter que em Passo de Torres três suspeitos foram presos e havia cerca de R $ 30.000 com eles. Eles foram encaminhados à Delegacia de Investigação Criminal (DIC), da Polícia Civil de Araranguá, onde está sendo finalizada a ocorrência – a cidade fica a cerca de 40 km de Passo de Torres.

Segundo o inspetor Luiz Graziano, chefe de Comunicação Social da PRF de Santa Catarina, mais dois suspeitos foram detidos em Porto Alegre. “Fortes suspeitas de envolvimento no assalto em Criciúma”, disse Graziano.

01.de.2020 – Uma das duas agências bancárias que foram roubadas durante a noite, em Criciúma (SC). Criminosos invadiram o local e trocaram tiros com policiais na rua

Imagem: CAIO MARCELLO / AGIF / ESTADÃO CONTEÚDO

Mulher presa em São Paulo

Uma mulher foi presa na cidade de São Paulo também sob suspeita de envolvimento na agressão. Ela foi presa em flagrante ontem à tarde no bairro do Grajaú, na Zona Sul, após uma denúncia. Em casa e em seu carro havia munição de rifle, carregadores de pistola e artefatos explosivos, além de drogas, segundo a Polícia Civil.

Ainda de acordo com a polícia, Vanessa de Faria Santos, 31 anos, é companheira de um suspeito do assalto em Santa Catarina. Foi presa no 25º DP (Distrito Policial), em Parelheiros, e encaminhada para o 89º DP, no Morumbi. Vanessa disse à polícia que mora com o companheiro, com quem mantém relacionamento estável, mas não explicou a origem do material apreendido.

A mulher foi indiciada por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e tráfico de drogas. Seis comprimidos de cocaína foram encontrados em sua casa.