Atlético e SPFC chegam a acordo sobre empréstimo com a Tchê Tchê

Atlético-MG e São Paulo estão muito próximos de fechar negócio que envolve o empréstimo do meio-campista Tchê Tchê. O jogador, a pedido do técnico Cuca, Esportes, deve fechar um empréstimo por uma temporada, cabendo ao Galo o salário do meio-campista, estimado em cerca de R $ 500 mil mensais. Não há possibilidade no negócio, pelo menos por enquanto, de algum jogador da seleção mineira chegar ao time de São Paulo.

Tchê Tchê é um nome que agrada ao atual treinador esportivo por sua versatilidade. É um jogador que vem para o ataque, mas também atua taticamente pela equipe no setor defensivo, recompondo a marca.

A vontade de Cuca de trazer um atleta para a Cidade do Galo não é surpresa. Foi o técnico o responsável por tirar o volante do Audax e levá-lo ao Palmeiras logo após o Paulistão 2016. Anos depois, já em São Paulo, fez o mesmo ao pedir aos dirigentes do São Paulo, em 2019, que investissem na O atleta .

E foi justamente esse investimento pedido pela Cuca ao Tricolor que acabou sendo o trunfo de Galo anos depois. É que o São Paulo tem uma dívida com o Dínamo de Kiev, da Ucrânia, ainda pela contratação do jogador, hoje com 28 anos. O Tricolor Paulista deve cerca de 3,5 milhões de euros (algo em torno de R $ 22 milhões) aos ucranianos e está tentando chegar a um acordo para resolver essa questão pendente.

A saída de Tchê Tchê de São Paulo vai amenizar a folha de pagamento do time do Morumbi, que paga ao jogador algo perto de meio milhão de reais. O contrato do meio-campista com o São Paulo vai até março de 2023.

Tchê Tchê também chegou a atuar como lateral direito em algumas oportunidades, mas foi no meio-campo que mais se destacou. Ele está atualmente com o cartão amarelo do técnico argentino Hernán Crespo.

Informações sobre o interesse do Atlético-MG em Tchê Tchê foi adiantado pela Rádio Itatiaia e confirmado pela UOL.

Source