Belo Horizonte fecha comércio novamente por causa da Covid-19; ‘Estamos de volta à estaca zero’, diz Kalil | Minas Gerais

O prefeito Alexandre Kalil (PSD) anunciou nesta sexta-feira (5) um novo fechamento de comércio em Belo Horizonte. Apenas os serviços essenciais poderão operar na cidade a partir deste sábado (6). A medida entra em vigor a partir das 14h.

  • O que a cidade considera como ‘serviços essenciais’?

“Fui tomado por um otimismo enganoso e perigoso. Estamos de volta à estaca zero”, disse o prefeito Alexandre Kalil (PSD).

Comércio não essencial de Belo Horizonte volta a fechar – Foto: Cristina Moreno de Castro / G1 Minas

Um dos motivos que motivou mais um fechamento de comércio em Belo Horizonte foi a taxa de ocupação da UTI. Atingiu 81% nesta sexta-feira (5). Já existem 116.419 casos confirmados e 2.815 mortes por Covid-19.

Na Santa Casa, 97% das UTIs estavam ocupadas nesta quinta-feira (4). No Hospital Eduardo de Menezes, referência em doenças infecciosas, a UTI estava 93% ocupada. No Hospital Júlia Kubitschek, a taxa de ocupação foi de 76%.

Outro motivo é a internação de quatro filhos com Covid-19. Durante a pandemia, três crianças com menos de 14 anos morreram. Dois deles tinham até quatro anos.

“Não estamos mais falando de jovens de 40, 30, 35 anos ou mais. Se o vírus podia matar seu pai ou sua mãe antes, tome cuidado para não matar seu filho ou sobrinho”, disse Kalil.

Segundo o prefeito, houve aumento de 7% nos indicadores da Covid-19. De acordo com o Comitê de Enfrentamento à Doença, dois terços da infecção em Belo Horizonte seriam da nova cepa.

Nesta sexta-feira (5), a taxa de ocupação dos leitos de UTI para pacientes com Covid-19 é de 81%, alerta vermelho para Belo Horizonte. Nas vagas do Sistema Único de Saúde, esse número é um pouco maior, 81,9%. O que também preocupa é a taxa de ocupação de leitos por outras doenças, 91,5%.

A situação também é dramática na rede privada. A ocupação para Covid-19 na UTI é de 80,1% e 89,2% para pacientes com outras doenças.

Os outros dois indicadores – internações hospitalares e taxa de transmissão de vírus – estão em alerta amarelo. (Ver abaixo)

A taxa de ocupação da UTI para pacientes com Covid-19 é de 81% em Belo Horizonte – Foto: Prefeitura de Belo Horizonte / Divulgação

Os vídeos mais vistos do G1 Minas nesta semana:

Source