Belo Horizonte registra todos os indicadores Covid-19 em alerta novamente


As taxas de ocupação em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e enfermarias são as mais avançadas em dezembro, marcando 56,7% e 52,4%, respectivamente, no relatório epidemiológico mais recente

Após uma ligeira queda nos números registrados na quinta-feira (10), Belo Horizonte tem todos os indicadores da pandemia da Covid-19 no nível amarelo, alerta, nesta sexta-feira (11).

As taxas de ocupação em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e enfermarias são as mais avançadas em dezembro, marcando 56,7% e 52,4%, respectivamente, no relatório epidemiológico mais recente.

A transmissibilidade do coronavírus oscilou para baixo, ainda em nível de alerta, passando de RT 1,04 para RT 1,02 nas últimas 24 horas. Nesta fazenda, as taxas de ocupação foram de 56,9% nas UTIs e 49,6% nas enfermarias.

A pressão sobre os leitos é ainda maior no sistema privado de saúde, onde 70,4% das UTIs estão ocupadas. No Sistema Único de Saúde (SUS), o percentual é de 61%.

De acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), há 57.330 casos confirmados de Covid-19 na cidade e 1.736 óbitos. Entre quinta e sexta-feira, foram registradas 13 novas mortes e 382 infecções.

.