Com 4.190 mortes de Covid em 24 horas, Brasil tem o segundo pior dia da pandemia | Coronavírus

Brasil registrado 4.190 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando nesta quinta-feira (8) 345.287 vítimas desde o início da pandemia. Esta é a segunda pior marca em um dia até agora. Com isso, a média móvel de óbitos no país nos últimos 7 dias foi 2.818. Em comparação com a média de 14 dias, a variação foi + 17%, indicando tendência de aumento nas mortes pela doença.

Os números constam do novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia do coronavírus no Brasil, consolidado às 20h desta quinta-feira. O balanço é baseado em dados das secretarias estaduais de saúde.

A nova marca de morte impressiona mais do que o recorde de terça-feira (6), quando 4.211 mortes foram registradas. Isso porque é costume que, apenas às terças-feiras, os números fiquem acima da média, devido ao represamento de dados no fim de semana – o que ficou ainda mais evidente por causa do feriado da Páscoa.

Já são 78 dias consecutivos no Brasil com a média móvel de óbitos acima da marca dos mil; o país já completa 23 dias com essa média acima de 2 mil mortos por dia; e Isso é o décimo terceiro dia com média acima da marca de 2,5 mil.

Veja a sequência da semana passada na média móvel:

Evolução da média móvel de óbitos no país na última semana. Número voltou a ultrapassar 2,8 mil após 5 dias abaixo – Foto: Editoria de Arte / G1

  • Sexta-feira (2): 3.006
  • Sábado (3): 2.800
  • Domingo (4): 2.747
  • Segunda-feira (5): 2.698
  • Terça-feira (6): 2.775
  • Quarta-feira (7): 2.744
  • Quinta-feira (8): 2.818

Em casos confirmados, desde o início da pandemia 13.286.324 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 89.293 daqueles confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi 63.372. Isso representa um -16% de mudança em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de queda nos diagnósticos.

Onze estados e Distrito Federal têm aumento no número de mortes: PR, ES, MG, RJ, SP, DF, MS, AP, CE, MA, PE e PI.

  • Total de mortes: 345.287
  • Registro de óbito em 24 horas: 4.190
  • Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 2.818 (variação em 14 dias: + 17%)
  • Total de casos confirmados: 13.286.324
  • Registro de casos confirmados em 24 horas: 89.293
  • Média de novos casos nos últimos 7 dias: 63.372 por dia (variação em 14 dias: -16%)
  • Acima (11 estados e Distrito Federal): PR, ES, MG, RJ, SP, DF, MS, AP, CE, MA, PE e PI
  • Na estabilidade (11 estados): GO, MT, AC, AM, PA, RR, TO, AL, PB, RN e SE
  • Queda (4 estados): RS, SC, RO e BA

Essa comparação leva em consideração a média de óbitos nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada há duas semanas (entenda os critérios utilizados pelo G1 para analisar tendências de pandemia).

Vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.

Balanço da vacinação contra a Covid-19 nesta quinta-feira (8) aponta que 22.170.108 pessoas já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19, segundo dados divulgados até as 20h. O número representa 10,47% da população brasileira.

A segunda dose já foi aplicada em 6.357.779 pessoas (3% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal.

No total, foram aplicadas 28.527.887 doses em todo o país.

Variação de mortes por estado

  • ES: + 38%
  • MG: + 53%
  • RJ: + 66%
  • SP: + 28%
  • DF: + 30%
  • GO: + 10%
  • MS: + 42%
  • MT: + 14%
  • AC: 0%
  • AM: -2%
  • AP: + 22%
  • PA: -2%
  • RO: -20%
  • RR: -10%
  • PARA: -9%
  • AL: + 4%
  • BA: -16%
  • EC: + 55%
  • MA: + 31%
  • PB: + 3%
  • PE: + 24%
  • PI: + 28%
  • RN: -4%
  • SE: + 8%

Consórcio de veículos de imprensa

Dados sobre casos e óbitos por coronavírus no Brasil foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, que começou a trabalhar, desde 8 de junho, de forma colaborativa para levantar as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal (saiba mais )

Assista a vídeos de notícias sobre vacinas contra Covid-19:

Source