Com 7 jogos, Corinthians atinge 11% da meta de prêmios para 2021

Pela classificação confirmada ontem para a terceira fase da Copa do Brasil, o Corinthians receberá um cheque de R $ 1,7 milhão pago pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Pelos valores recebidos anteriormente, o Timão já agregou, com apenas sete jogos na temporada, um montante de R $ 4,2 milhões em premiações em 2021. Esse total representa 11% da previsão para este tipo de receita no orçamento do clube para o ano.

O prognóstico do Corinthians para a temporada é modesto. No documento aprovado pelos vereadores, o Alvinegro espera receber algo em torno de R $ 38 milhões em prêmios nesta temporada. O número não é exato por causa da variação do dólar, moeda adotada pela Conmebol nos valores pagos pela participação de clubes na Copa Libertadores e Sul-Americana.

Até o momento, o clube Parque São Jorge agregou três cheques da CBF: R $ 1,15 milhão para a primeira fase da Copa do Brasil; R $ 1,35 milhão para a segunda fase; e R $ 1,7 milhão pela vaga garantida ontem, diante do Retrô-PE, em partida disputada em Saquarema, no Estado do Rio de Janeiro.

O orçamento prevê que o Corinthians chegue às oitavas de final da Copa do Brasil (R $ 6,9 milhões), às oitavas de final da Copa Sul-Americana (US $ 1,4 milhão, equivalente a R $ 7,98 milhões) preço atual) e à sétima lugar no Campeonato Brasileiro. Na última edição do torneio nacional, a CBF pagou R $ 23,1 milhões ao Palmeiras – sétimo lugar.

A diretoria da alvinegra adotou um modelo mais cauteloso para não sofrer surpresas negativas ao longo da temporada. Além disso, o Corinthians aposta nos meninos de base do elenco profissional e a competitividade da equipe ainda é desconhecida.

Source