Covid-19 Variant Rages in Brazil, Colocando Risco Global

PORTO ALEGRE, Brasil – O Brasil está no meio de uma batalha contra a nova variante do Covid-19 da Amazônia, que ameaça enviar ondas de choque por todo o mundo.

Lar de menos de 3% da população mundial, o Brasil atualmente é responsável por quase um terço das mortes diárias globais de Covid-19, impulsionadas pela nova variante. Mais de 300.000 morreram e as mortes diárias chegam agora a 3.000, um número sofrido apenas pelos muito mais populosos Estados Unidos

“Estamos nos trens aqui, lutando uma guerra”, disse Andréia Cruz, uma enfermeira do pronto-socorro de 42 anos de Porto Alegre. Apenas nas últimas três semanas, o estado do Rio Grande do Sul viu quase 5.000 pessoas morrerem de Covid-19, mais do que nos últimos três meses do ano passado.

A disseminação do vírus no Brasil ameaça transformar este país de 213 milhões de habitantes em um perigo global para a saúde pública. A chamada cepa P.1, presente em mais de 20 países e identificada em Nova York na semana passada, é até 2,2 vezes mais contagiosa e 61% mais capaz de reinfectar pessoas do que as versões anteriores do coronavírus, de acordo com um estudo recente.

O P.1 é agora responsável pela maioria das novas infecções no Brasil, com muitos médicos aqui dizendo que estão vendo mais pacientes jovens e saudáveis ​​adoecendo. Cerca de 30% das pessoas que morrem de Covid-19 têm agora menos de 60 anos, em comparação com uma média de cerca de 26% durante o pico anterior no Brasil entre junho e agosto, de acordo com dados oficiais analisados ​​pelo The Wall Street Journal.

Source