Criciúma terá toque de recolher para conter o avanço da Covid-19


Criciúma é uma das cidades catarinenses que terá toque de recolher a partir desta quinta-feira, dia 3. A medida faz parte de uma série de restrições e ações para conter o avanço da Covid-19 em todo o Estado de Santa Catarina (SC).

O funcionamento dos estabelecimentos será permitido até às 23h00, ficando o público até à meia-noite. Das 0h às 5h os estabelecimentos não poderão funcionar. A decisão foi tomada em reunião entre o governador Carlos Moisés da Silva e prefeitos das 20 maiores cidades de SC.

Por sugestão do prefeito Clésio Salvaro, de Criciúma, ficou a cargo de entidades que regem diversos segmentos como comércio, supermercados e outros serviços essenciais, a opção de estender o horário de atendimento ao público, como forma de minimizar multidões nos horários de pico horas.

Os ônibus continuam circulando normalmente e, com apoio da gestão via Federação Catarinense dos Municípios (Fecam), a lotação máxima será de até 70%, com possibilidade de disponibilização de mais veículos para a população. Também foi sugerido ao Governo do Estado a retirada do ICMS incidente sobre os combustíveis das empresas de ônibus.

O Governo do Estado de Santa Catarina também deve promover uma campanha de conscientização sobre os cuidados frente à nova pandemia do coronavírus. O decreto será publicado na quinta-feira, dia 3.

.