Eduardo Paes anuncia cinco novos secretários e um vice-prefeito


RIO – O prefeito eleito Eduardo Paes apresentou mais seis novos membros de seu futuro, incluindo quatro mulheres: Maína Celidônio (Transporte), Washington Fajardo (Planejamento Urbano), Guilherme Schleder (Esportes), Joyce Trindade (Secretária da Mulher), Laura Carneiro ( Assistência Social), Thalita Galhardo (Subprefeitura de Jacarepaguá). Já são 11 secretárias definidas no total. Para Paes, o transporte será o “maior desafio da cidade”, e o futuro secretário disse que o problema do BRT precisa ser resolvido de forma generalizada, incluindo segurança e planejamento urbano.

Analítico:Paes combina passado com novas demandas de política na secretaria

Os nomes representam o retorno de três conhecidos (Fajardo, Schleder e Laura Carneiro) e de três novatos. Fajardo, ex-presidente do IPRH, assumirá uma nova carteira, a de Urbanismo, separada da Secretaria de Urbanismo, que ficará responsável pelos processos de licenciamento e fiscalização. A Secretaria da Mulher, que existia no primeiro governo do Paes e foi extinta, agora será recriada.

Em vermelho:Secretário da Fazenda do Paes, Pedro Paulo fala de cenário ‘trágico’ nas contas, com déficit de R $ 10 bilhões em 2021

A economista Maína Celidônio ficou em dúvida sobre o convite, como revelou O GLOBO, por ter sido convidada para dar aulas no Insper. Para Eduardo Paes, o portfólio de Transporte será “o maior desafio da cidade”.

– Sabemos que a Saúde é um desafio monstruoso, mas há questões que já estão sendo tratadas pelo secretário Daniel Soranz. O transporte tem várias crises, inclusive institucionais, que precisam ser resolvidas.

Salvino Oliveira: Conheça o futuro secretário de Eduardo Paes, que é filho da Cidade de Deus

O BRT, sistema implantado por Paes, mas que está em crise de gestão há alguns anos, enfrentou greve de motoristas nesta semana. Para o secretário indicado, que escreveu tese de doutorado na PUC-Rio sobre o impacto de obras como VLT, Linha 4 do metrô, além do próprio BRT durante os preparativos para as Olimpíadas de 2016, a solução passa pela articulação com outros setores.

– O BRT está em processo de degradação. Precisamos de uma operação transversal, incluindo segurança e operação urbana, não é só com transporte. Também a segurança das mulheres nos modais. Há muito o que pensar para melhorar a qualidade do transporte e sua gestão. Na era olímpica houve muito investimento e agora precisamos melhorar a gestão e pensar melhor o sistema como serviço – explicou o futuro secretário, que também comentou sucessivos problemas de corrupção na área. – A apuração está com o Ministério Público, mas cabe a nós aprimorar as contratações e avançar no acompanhamento e na regulamentação do setor.

Mais equidade: Mulheres ganham espaço na nova prefeitura de Eduardo Paes; sabe quem eles são

Guilherme Schleder, que ocupava a carteira da Casa Civil em mandatos anteriores, foi citado na denúncia do marqueteiro Renato Pereira como operador do esquema da caixa 2 na reeleição de Paes em 2012. Questionado em coletiva de imprensa, respondeu que a acusação era falsa e que nenhum dos dois participou da campanha eleitoral na época. Sobre os desafios do esporte, ele destacou a recuperação de programas como o Rio em Forma, e disse que ainda não há definição sobre quem vai cuidar do legado olímpico.

A ex-deputada Laura Carneiro, que havia sido eleita para a Câmara dos Vereadores, permanece na pasta hoje ocupada por Tia Ju. Ela disse que já havia agendado reuniões com a atual secretária e respondeu que o censo da população de rua da cidade, ainda não divulgado, teria atingido 15 mil pessoas. Seu trabalho no setor disse, será feito em integração com a Secretaria de Saúde e prometeu um plano de emergência para a população mais vulnerável durante a pandemia.

Joyce Trindade é mais uma jovem, e negra, a entrar para o governo. Moradora da Vila Kosmos, tem 24 anos e é formada pela Escola de Políticas Públicas da UFRJ. Thalita Galhardo foi chamada pelo prefeito de “Paes de saias” e é sua ex-aliada política.