Em um incidente grave, os pilotos pousam um Boeing 737 no aeroporto em construção

Receba esta e outras novidades no seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Trabalhadores do aeroporto nas obras e no taxiamento do 737


Um grave incidente foi relatado no domingo, 4 de abril, quando pilotos de um Boeing 737 pousaram a aeronave em um aeroporto diferente do planejado e, pior ainda, que ainda está em construção.

Felizmente a pista já estava em posição de receber o pouso e deu tudo certo, porém uma falha como essa é bastante grave, pois o pouso no aeroporto errado pode resultar em colisão com outra aeronave ou na saída da pista, se for menor do que a distância que era esperada no local de pouso correto.

A ocorrência foi revelada pelo vídeo abaixo, postado no Facebook, no qual é possível ver o Boeing 737-800 da Ethiopian Airlines taxiando para decolar enquanto vários funcionários da equipe de construção estão no pátio.

Segundo o autor da publicação, o jato pousou no novo Aeroporto Internacional de Copperbelt em vez do atual Aeroporto Internacional de Ndola, ambos na Zâmbia, na África. Veja o video:

A imagem de satélite a seguir mostra onde está localizado o novo aeroporto onde o 737 pousou, circulado em vermelho à esquerda, e o que está em uso, destacado com o marcador.

Imagem: Google Maps / FlightRadar24


Os dados de rastreamento do radar mostram que o Boeing 737 envolvido era a placa de registro ET-AYL, que atendia o vôo ET3891, partindo de Addis Ababa, na Etiópia, para Ndola. Conforme observado nas imagens de vídeo, é um jato convertido em um cargueiro.

Após o incidente, o jato partiu pouco mais de duas horas após Ndola para outro destino, porém, plataformas de rastreamento como FlightRadar24 e RadarBox não possuem boa cobertura de radar na região, portanto não é possível ver o vôo do reposicionamento para o correto aeroporto.

Além deste pouso, nos comentários da publicação em vídeo, outra pessoa comenta que presenciou outro Boeing 737 da Etiópia, com matrícula ET-AQP no vôo ET871, fazendo também sua aproximação ao aeroporto em construção no mesmo dia, entretanto, os pilotos perceberam o erro e lançaram nos momentos de pouso, cerca de 50 pés (15 metros) de altura.

Ainda de acordo com esta pessoa, a pista do aeroporto em construção possui grandes letras X desenhadas nos promontórios para indicar que a pista está fora de uso, revelando que, além da aproximação errada, os pilotos do ET-AYL também não sabiam da marca .

Aqui estão alguns casos mais recentes em uma situação semelhante:

Source