Etanol ficou mais barato em 17 estados na última semana

Os preços médios do etanol hidratado caíram em 17 estados e no Distrito Federal na última semana, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado por AE-Rates. Houve aumento em nove estados. Nos levantados pela ANP, o preço médio do etanol caiu 2,80% nesta semana em relação à anterior, de R $ 4,184 para R $ 4,067 o litro.

Em São Paulo, principal produtor, estado consumidor e com o maior número de postos avaliados, o preço médio dos hidratos foi de R $ 3,852, queda de 3,24% em relação à semana anterior. O preço mínimo registrado na semana passada para o etanol em um posto de gasolina foi de R $ 3.299 o litro, em São Paulo, e o menor preço médio entre os estados, de R $ 3.852, também ocorreu em São Paulo.

O maior preço médio, de R $ 5,394 o litro, foi verificado em um posto de abastecimento do Rio Grande do Sul. E o preço máximo foi no Rio de Janeiro, a R $ 6.299. Na comparação mensal, o preço médio do biocombustível no país avançou 20,40%. O estado com maior alta no período foi o Rio de Janeiro, onde o litro subiu 26,60%, de R $ 5,226.

No cálculo mensal, todos os estados avaliados e o Distrito Federal apresentaram valorização do biocombustível – no Amapá não houve cálculo na mesma semana do mês anterior, então não foi possível comparar.

Gasolina

Os preços médios do etanol nesta semana perderam vantagem sobre a gasolina em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. O levantamento considera que o etanol de cana ou milho, por seu menor poder calorífico, tem um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso. Na média dos postos pesquisados ​​no país, a paridade é de 73,27% entre os preços médios do etanol e da gasolina.

Source