Justiça fecha inquérito contra Lula e seu filho


SÃO PAULO – A Justiça Federal de São Paulo encerrou, na última quarta-feira, inquérito contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu filho Luís Cláudio Lula da Silva com base em denúncia do empresário Emilio Odebrecht e do executivo Alexandrino Alencar, do Grupo Odebrecht.

Os denunciantes afirmaram que, a pedido de Lula, transferiram fundos para a empresa de marketing desportivo de Luís Cláudio Touchdown, com o objectivo de impulsionar a carreira empresarial do filho do ex-presidente.

Ler:PT quer unidade dos partidos da oposição nas eleições para Câmara e Senado

A Polícia Federal ainda indiciou Lula e seu filho por tráfico de influência e lavagem de dinheiro. O juiz Diego Paes Moreira, da 6ª Vara Federal de São Paulo, concordou com os argumentos do Ministério Público Federal (MPF) de que o ex-presidente, à época do suposto pedido de favor, não era mais agente público, portanto o influência não seria configurada.

Este é o sétimo caso (processo ou investigação) em que Lula foi absolvido ou viu o tribunal decidir pelo arquivamento. Em nota, a defesa do ex-presidente afirma que ele só foi condenado pelo Lava-Jato de Curitiba, em dois casos, “por não ter direito a um julgamento justo e imparcial”.