Liberado! INSS autoriza pedido de aposentadoria por meio do aplicativo


Contribuintes do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) agora pode solicitar aposentadoria sem sair de casa. Os interessados ​​em se aposentar por idade ou tempo de contribuição podem solicitar o benefício por meio do site ou do aplicativo Meu INSS. Isso ocorre porque ambas as modalidades não requerem assistência presencial.

No entanto, antes de solicitar a aposentadoria, é necessário que o segurado verifique seus dados no Cadastro Nacional de Informações Sociais (Cnis). Isso ocorre porque erros no banco de dados do governo podem tornar difícil concessão ou cálculo beneficiar.

O cidadão pode consultar o comprovante da previdência por meio do Meu INSS, na opção “Comprovante de Contribuição (CNIS)”. Se houver algum erro nas informações, é possível retificar pelo Meu INSS. No entanto, primeiro você precisa nos contatar no número 135, para ter acesso ao correção de dados Cnis não é permitido pelo INSS. O instituto explica que a atualização só pode ser feita quando houver solicitação de benefício.

Documentos pendentes

Quando surge a necessidade de apresentação de documentação adicional, o instituto atende aos requisitos. Os documentos podem ser enviados através do Meu INSS ou na própria agência. Neste último caso, será necessário marcar uma consulta através do telefone 135 ou do aplicativo.

O segurado também pode optar pela entrega dos documentos por meio do Requisito expresso, urnas que ficam na porta das agências de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. Ao chegar ao local, o usuário deve realizar o seguinte procedimento:

  • Preencha o formulário “Autodeclaração de Autenticidade e Veracidade das Informações”;
  • Em seguida, insira o protocolo e os documentos solicitados em um envelope lacrado;
  • Por fim, identifique o envelope na parte externa com nome completo, CPF, endereço, telefone, e-mail e número do protocolo do agendamento.

“Ressalte-se que não são aceitos documentos originais e que as cópias não precisam ser autenticadas por cartório. É fundamental, porém, que estejam legíveis e sem rasuras ”, informa o INSS.

Vale ressaltar também que este serviço não atende solicitações de assistência por doença precoce. Nesse caso, os documentos só podem ser recolhidos pelo INSS Meu.

Leia também: Lançado! Verifique a idade mínima de aposentadoria do INSS até o final de 2020