Marília Ruiz: “Foi o pior jogo de Mancini como treinador do Corinthians” – 12/03/2020


O Fim do chat, pós-rodada ao vivo de Esportes, – com os jornalistas Isabella Ayami, José Trajano, Marília Ruiz e Danilio Lavieri – analisa os destaques dos jogos desta quarta-feira (2), com o empate entre Fortaleza e Corinthians, em Castelão, pelo Brasileiro, além da vitória do Palmeiras e a classificação para as quartas de final da Libertadores, em dia que também teve derrota do Internacional em casa para o Boca Juniors.

Sobre o empate em 0 a 0 entre Fortaleza e Corinthians no Castelão, Marília Ruiz diz que foi o pior jogo de Vagner Mancini ao comando da equipe alvinegro e não viu o efeito da semana de treinos do treinador em campo.

“O Corinthians não é bom com o Mancini, mas parece um time, pelo menos. Time ruim, mas parece um time, que não estava nem com o Tiago Rock and Roll nem com o Coelho louco, cada jogo era uma escalação diferente, uma hora a gente vou pegar um cara da base pra brincar com a torcida, vamos tentar o imponderável. Acho que com o Mancini o Corinthians tem cara de time que disputa o G16 e por isso joga jogos chatos ”, diz Marília.

“Acho que hoje foi o pior jogo do ponto de vista dos treinos do Mancini, acho que essa semana ele treinou não deu certo, o Corinthians se deu mal e tem algo que parece muito claro nessa equipe. Quando do lado certo do Corinthians não funciona como articulador, o Corinthians não anda.

O jornalista destaca que o time do Corinthians acaba ficando dependente das boas atuações de Fagner pela falta de opções criativas, além de não entender a propriedade de Jô mesmo quando ele não joga uma bola que mereça o lugar.

“O Corinthians não tem esse meio-campista que trabalha, contrata um milhão de jogadores, vira Galo B e o Corinthians não tem meio-campista. Quando o Fagner joga mal, o Corinthians joga mal. O Fagner havia melhorado, estava numa fase péssima, havia melhorado e o Corinthians tinha dado um melhor, e hoje o Fagner foi ruim, quando o Fagner está ruim, o Corinthians não vai ”, diz Marília.

“Eu entendo essa relação e essa coisa com o Jô, mas o Jô está jogando menos que eu, que eu estou em casa. Então o Jô pode ficar um pouco no banco também, se ele ficou um mês machucado com dor na coxa , um mês com coronavírus. Se estiver jogando mal, pode sentar no banco, não é proibido ”, conclui.