Mauro vê evolução, mas diz que time ainda não é favorito


Depois que o Palmeiras goleou o Delfín (EQU) por 5 a 0 na Copa Libertadores da América, que garantiu a classificação da Seleção Brasileira para as quartas de final da competição, o colunista e comentarista do UOL Mauro Cezar Pereira afirmou que o time está evoluindo, mas ainda não consegue ser apontado como favorito, já que não enfrenta adversários fortes desde a chegada de Abel Ferreira.

“O Palmeiras não pode ser apontado como favorito para marcar contra o Delfín, mas está a caminho de ter uma equipe competitiva nos momentos decisivos da temporada. Vai pegar o Libertad (PAR) agora. Existem alguns atalhos e eles estão passando por eles sem tropeçar.) É um bom caminho para o Palmeiras depois de jogar dez meses no lixo ”, disse o jornalista que participou do Linha de Passe da ESPN Brasil, ontem.

“O Palmeiras joga um bom futebol, é muito mais competitivo, busca o gol, mas também tem enfrentado adversários mais fracos. (…) Até o momento não é um adversário tão pesado com o Abel, mas o time está jogando. Foram oito gols em Delfín. A equipa é fraca, mas já passou de fase, isto não pode ser ignorado. Já passou pelos problemas de cobiça. O trabalho necessita de mais provas ”, continuou.

Quartas de final

Confirmado nas quartas de final, o Palmeiras enfrenta agora o Libertad (PAR), que venceu Jorge Wilstermann (BOL), ontem, por 2 a 0, na Bolívia. A seleção paraguaia já havia vencido o jogo de ida por 3 a 1.