Nubank 2021: limite de R $ 50 para novo cartão lançado

A Nubank é uma das primeiras empresas a oferecer serviços bancários e financeiros de forma digital e, com isso, seus clientes passam a ter mais autonomia, menos burocracia e isenção de tarifas cobradas pelos bancos tradicionais. A empresa tem nada menos que 20 milhões de clientes, 12 milhões dos quais possuem cartão de crédito.

No entanto, ser aprovado pela empresa pode ser difícil. Muitas pessoas são reprovadas por diversos motivos, outras são aceitas, mas com um limite muito baixo.

No entanto, nem tudo está perdido. Ao solicitar um cartão Como Nubank, é possível que a empresa ofereça um limite de R $ 50. Por que isso pode ser uma coisa boa?

Sobre o cartão

Limite de $ 50 Nubank: qual é a vantagem?

Clientes com pontuações de crédito mais baixas geralmente têm privilégios negados. Geralmente, as pessoas em situação de dívida, pagamentos em atraso ou simplesmente uma pontuação baixa não podem acessar tantos benefícios financeiros e de crédito. Porém, para não descartar esses clientes e dar uma chance a eles, o Nubank oferece um limite de R $ 50, como forma de testar a confiança do cliente e, assim, futuramente aumentar o limite de crédito.

Isso pode ser muito benéfico para pessoas com problemas de crédito.

Como aumentar o limite Nubank

Não há como negar que o limite de R $ 50 é baixo para algumas pessoas. Porém, o objetivo é mesmo aumentar o limite. Mas como você faz isso? A melhor forma é pagar as faturas em dias, sem falhas.

Também é possível adiantar os valores pagos, gastar boa parte do limite e movimentar o máximo de dinheiro possível em NuConta. Assim, a empresa vai perceber que há uma rotatividade e que o cliente pode saber como cuidar de um crédito maior.

Outra forma de aumentar o crédito é atentar para a pontuação de crédito pagando, em dias, integralmente, as contas mensais como energia, internet e água. Tudo isso é levado em consideração ao aprovar e aumentar o limite.

Veja também: Nubank 2021: novo método de pagamento RELEASED; veja como fazer

Source