O banqueiro judeu Joseph Safra, a pessoa mais rica do Brasil, morre aos 82 anos


JTA – Joseph Safra, a pessoa mais rica do Brasil e um filantropo de causas judaicas no Brasil e no mundo, morreu quinta-feira em São Paulo aos 82 anos.

Safra morreu de causas naturais, segundo sua família.

Safra era o banqueiro mais rico do mundo e a 39ª pessoa mais rica, segundo a revista Forbes, com uma fortuna estimada em US $ 23,2 bilhões na época de sua morte. Ele também foi um filantropo importante na comunidade judaica de 120.000 membros do Brasil.

Obtenha a edição diária do The Times of Israel por e-mail e nunca perca as nossas principais notícias.

Nascido no Líbano, Safra dirigiu um império brasileiro de bancos e investimentos. As conexões bancárias de sua família libanesa-síria datam da época dos otomanos.

A família mudou-se para o Brasil em 1952, quando Safra tinha 14 anos. Três anos depois seu irmão mais velho, Edmond, e seu pai Jacob começaram a trabalhar no Brasil financiando ativos em São Paulo. Edmond mais tarde se separou dos irmãos Joseph e Moise e foi para Nova York, onde fundou o Republic National Bank de Nova York. Edmond morreu em um incêndio provocado por sua enfermeira em 1999; Moise morreu em 2014.

O banqueiro judeu libanês-brasileiro Edmond Safra (R) e seu irmão Joseph Safra em 1991. (Moshe Shai / Flash90)

O Banco Safra, o banco privado que Jacob Safra abriu em 1955 e que Joseph Safra liderou até sua morte, é supostamente o sexto maior banco privado do Brasil. Joseph Safra se tornou a pessoa mais rica da maior nação da América do Sul no ano passado.

Em 2013, a família de Joseph Safra adquiriu mais de uma dezena de propriedades nos Estados Unidos, principalmente na cidade de Nova York. Eles também possuem um portfólio de imóveis comerciais no Brasil. Em 2014, o Safra pagou mais de 700 milhões de libras, cerca de US $ 930 milhões, para comprar o The Gherkin, uma das torres mais diferenciadas da cidade de Londres.

Ele deixa sua esposa, Vicky; seus filhos Jacob, Esther, Alberto e David; e 14 netos.

Dê um presente de Hanukkah que conecte

Neste momento em que tantos se sentem isolados, aqui está um presente de Hanukkah que conecta você e aqueles de quem você gosta para Israel, a Povo judeu e um para o outro.

Não é tão fácil visitar Israel – ou, em muitos casos, um ao outro – este ano. Então, nossas conexões através valores, ideias e discussão compartilhados agora são mais importantes do que nunca.

UMA Membro presente da comunidade Times of Israel dá ao seu beneficiário o direito a um ano completo de benefícios de associação, em um preço especial com desconto.

Saiba mais Saiba mais Já é membro? Faça login para parar de ver isso

Você é sério. Agradecemos isso!

É por isso que trabalhamos todos os dias – para fornecer a leitores exigentes como você uma cobertura de leitura obrigatória de Israel e do mundo judaico.

Então agora temos um pedido. Ao contrário de outros meios de comunicação, não colocamos um acesso pago. Mas como o jornalismo que fazemos é caro, convidamos os leitores para quem o The Times of Israel se tornou importante para ajudar a apoiar o nosso trabalho juntando-se The Times of Israel Community.

Por apenas US $ 6 por mês, você pode ajudar a apoiar nosso jornalismo de qualidade enquanto desfruta do The Times of Israel ANÚNCIO GRÁTIS, bem como acessar conteúdo exclusivo disponível apenas para membros da comunidade do Times of Israel.

Junte-se à nossa comunidade Junte-se à nossa comunidade Já é um membro? Faça login para parar de ver isso