o fim! LG anuncia saída do mercado global de celulares

Em nota divulgada na noite de domingo no Brasil – manhã da Coréia do Sul – a LG anunciou sua saída do mercado global de celulares. A previsão de fechamento da unidade de telefonia móvel foi aprovada pela diretoria da empresa.

Segundo a empresa, a decisão vai permitir à marca investir em outros segmentos em que já atua. Entre os mencionados estão componentes de veículos elétricos, dispositivos conectados, casas inteligentes, robótica, Inteligência Artificial e soluções B2B, além de plataformas e serviços.

A fabricante afirmou que pretende continuar o desenvolvimento de tecnologias voltadas para a mobilidade. Entre eles está o 6G. Outras tecnologias desenvolvidas pela empresa ao longo dos anos também serão mantidas e aplicadas aos produtos atuais e futuros.

Estoque e empregos atuais

A LG explicou ainda que o estoque atual de smartphones continuará disponível para venda. A empresa está empenhada em fornecer suporte e atualizações de software aos usuários existentes. No entanto, o período varia de acordo com a região.

Os detalhes do trabalho ainda não foram divulgados. De acordo com o comunicado global, eles serão definidos em nível local. Isso significa que as possíveis demissões ou reposicionamento de seus profissionais podem ser diferentes em cada país.

Conclusão do fechamento

A fabricante coreana também acrescentou que espera concluir o fechamento de seu negócio de telefonia móvel até 31 de julho deste ano.

Ela explicou ainda que o estoque de alguns modelos já lançados pode ser encontrado no mercado mesmo após esse período. Ou seja, enquanto houver estoque de aparelhos da marca, eles estarão disponíveis no mercado.

Histrico

A LG tem sua unidade de telefonia móvel há mais de duas décadas. A sua atuação na área iniciou-se em 1995, sob a marca “Hwatong”. Com o tempo, lançou produtos que se destacaram no mercado.

Os exemplos incluem o smartphone LG G3 e o G Flex curvo, em 2013; a introdução da linha ThinQ no final da década passada; Velvet, que prometia ser uma alternativa econômica para quem quer um celular potente; e o LG Wing, um projeto ambicioso com tela giratória, mas que acabou não chegando a 100 mil unidades vendidas.

Mesmo com forte presença em lançamentos de produtos – principalmente nas categorias de entrada e intermediários -, sua participação global no mercado de smartphones estagnou na faixa de 1% ou 2%.

CEO da LG promete melhorar o desempenho da marca no mercado de smartphones


Economia e mercado
10 de dezembro

LG pode anunciar fim de divisão


Economia e mercado
31 de março

É no brasil?

A LG Electronics do Brasil também divulgou nota explicando a saída do mercado de telefonia celular. O braço nacional detalhou que há uma perda operacional há 23 trimestres consecutivos, desde o segundo semestre de 2015.

A empresa acrescenta que cumprirá todas as obrigações legais e agradece aos usuários pelo período nesta área. Mas ele não disse qual será o futuro da atual fábrica de Taubaté, no interior de São Paulo – a responsável pela produção dos telefones. Confira o depoimento completo:

“Desde o segundo semestre de 2015, nosso negócio global de telefonia celular sofreu um prejuízo operacional por 23 trimestres consecutivos, resultando em um acúmulo acumulado de aproximadamente $ 4,1 bilhões (EUA) no final de 2020.

Após avaliar todas as possibilidades para o futuro do nosso negócio de telefonia celular, a Headquarter Global decidiu encerrar esta divisão para fortalecer sua competitividade futura por meio de seleção e foco estratégico.

Como uma empresa que valoriza profundamente a contribuição de cada funcionário, cliente e parceiro LG, nos comunicaremos de forma aberta e transparente durante este processo, buscando uma abordagem justa e pragmática, ao mesmo tempo em que atendemos às obrigações legais.

É com tristeza que compartilhamos esta novidade com nossos clientes e parceiros que ao longo de todos esses anos nos mostraram confiança e nos apoiaram.

A LG Electronics do Brasil agradece e vai focar fortemente no seu negócio para continuar a fornecer produtos e serviços inovadores que tornem a vida melhor. ”

LG Electronics do Brasil

O que você achou da LG deixar o mercado de smartphones mundialmente? Comente conosco!

Source