O golpe do WhatsApp Rosa pode assumir o controle dos telefones celulares afetados

Os usuários da plataforma de mensagens instantâneas, WhatsApp, devem ficar de olho em um novo malware criado para roubar dados e informações pessoais. A ameaça, chamada “WhatsApp Pink” (WhatsApp Rosa), promete acesso a novos recursos do app, como mudar o tema da ferramenta, passando de verde para rosa.

O golpe se disfarça como uma atualização do serviço para atingir cada vez mais vítimas. Se a pessoa eventualmente acessar o link que está circulando na rede, ela pode sofrer algumas dores de cabeça, como ter o celular hackeado e a conta do WhatsApp comprometida.

Na tentativa de alertar os usuários sobre a nova ameaça, o WhatsApp divulgou uma nota no site HackRead sobre o problema. Segundo a empresa, “Qualquer pessoa pode receber uma mensagem inusitada ou suspeita”, exigindo um cuidado redobrado quando se trata de endereços duvidosos.

Os especialistas em segurança cibernética também recomendam que os usuários do aplicativo evitem links incertos em qualquer circunstância. Rajshekhar Rajaharia, um profissional em segurança digital, foi um dos que descobriu o malware e usuários alertados. “Cuidado com o WhatsApp Pink! Um vírus está se espalhando em grupos do Whatsapp com um link para baixar um APK ”, declarou.

Para quem não sabe, os arquivos APK (Android Package) são voltados para o sistema Android e podem ser comparados aos logs de instalação do software Windows, por exemplo. Vale ressaltar que, além de corromper as contas dos usuários, o link suspeito do WhatsApp Pink também pode bloquear o acesso aos celulares das vítimas.

Leia também: O WhatsApp tem 14 funções ‘secretas’ que muitas pessoas não conhecem. Descubra aqui

Source