O Pixel 6 pode acirrar a competição com o próximo iPhone devido ao chip personalizado do Google

Espera-se que o Google desafie o próximo iPhone criando seu próprio chipset para equipar o futuro Pixel 6. O componente tem um codinome Whitechapel, com desenvolvimento da Samsung – as duas empresas já firmaram acordo desde meados do ano passado.

Segundo informações divulgadas pelo site 9to5Google, a nova plataforma móvel seria associada a outros codinomes, como “Raven” e “Oriole”. Pelo menos um deles seria o próximo celular do gigante das buscas.

Se o novo relatório estiver correto, o Google pode dispensar sua atual dependência da Qualcomm. Na geração anterior, a opção da empresa era por um chip intermediário – Snapdragon 765 – e não um chip top de linha, como era antes, provavelmente por motivos de custos elevados.

Com a produção de seus próprios chipsets, a empresa de Mountain View teria um caminho aberto para adotar uma abordagem semelhante à da Apple com seu hardware. Ou seja, os componentes também podem chegar a futuros Chromebooks.

Rumores mais antigos sobre o chip do Google sinalizaram um forte apelo ao aprendizado de máquina, com um coprocessador para aprimorar o Google Assistant. Além disso, mostraria o funcionamento integrado de hardware e software em um smartphone com o sistema Android.

É importante ressaltar que, até o momento, não há confirmação de planos de chips customizados da empresa para a linha Pixel 6.

Quais são suas expectativas para os próximos dispositivos do Google, se eles vierem equipados com plataformas móveis personalizadas? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

Source