Patrick de Paula está ausente por até um mês; Palmeiras vai ao clássico sem volante | Palmeiras


O meia Patrick de Paula não deve retornar ao Palmeiras até o início de 2021. Nesta quinta-feira, o meia foi diagnosticado com uma lesão muscular na coxa direita, sofrida na derrota por 5 a 0 sobre o Delfín, que classificou o time alviverde para as quartas de final de a Copa Libertadores.

Diante do problema físico ocorrido na quarta-feira, a camisa 5 pode ficar paralisada por até um mês, o que faria com que o atleta voltasse a campo apenas no ano que vem.

A lesão muscular de Patrick de Paula chega em um momento ruim para Abel Ferreira, que não tem volantes com características mais defensivas para o clássico de sábado, às 17h (horário de Brasília), contra o Santos, na Vila Belmiro, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro .

Patrick de Paula saiu do gramado com fortes dores na última quarta-feira – Foto: Marcelo Zambrana / Estadão Conteúdo

Apenas Zé Rafael, que até jogou parte do jogo de quarta-feira mais próximo da linha defensiva, está disponível. Porém, como fonte, o camisa 8 tem características mais ofensivas e tem atuado mais como segundo meio-campista com Abel Ferreira.

No primeiro emprego, os portugueses perderam Felipe Melo e agora Patrick de Paula devido a problemas físicos. Danilo, substituto direto do capitão, está fora da suspensão, assim como Gabriel Menino, outro atleta que poderia atuar neste setor.

Quem também poderia jogar mais atrás, como um “5”, é Ramires, que fechou um acordo com a diretoria e rescindiu o contrato na semana passada. Com isso, Abel pode retirar Zé Rafael ou até escalar o zagueiro Luan, que atuou como meio-campista por alguns minutos contra o Atlético.

– Vamos ver como construímos. Mas quem joga fará o possível para ajudar a equipe, que teve um desempenho extraordinário. Eu gostaria de ter mais panfletos e meias, mas não temos. Vamos procurar soluções. Os jogadores têm boas ideias, recursos, também gosto de ouvi-los. Seremos competitivos, independentemente de quem jogue – declarou Abel Ferreira no pós-jogo.

O Palmeiras voltou ao trabalho na manhã desta quinta-feira na Academia de Futebol, onde já começou a se preparar para o confronto do fim de semana contra o Santos. A equipe treina na tarde de sexta-feira, quando termina a preparação para o jogo no litoral.

Ao contrário de Patrick de Paula, que já está ausente para o confronto do fim de semana, o meia Gustavo Scarpa pode continuar na equipe pelo clássico contra o Santos.

O meio-campista, que acabou sendo substituído no primeiro tempo, teve uma concussão diagnosticada na partida de quarta-feira e continuará sendo vigiado.