Piloto morre em acidente de helicóptero em Angra dos Reis


Um homem morreu em um acidente de helicóptero na madrugada de sexta-feira (11) na região da Vila Histórica de Mambucaba, em Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio. Eurico Azevedo era o piloto da aeronave e estava sozinho no momento do acidente.

O helicóptero caiu em uma área florestal ao redor de um hotel, às margens da BR-101 (Rodovia Rio-Santos). De acordo com informação do Corpo de Bombeiros, a corporação de Mambucaba foi activada por volta das 19 horas.

O local do acidente era de difícil acesso e, por isso, o quartel de Paraty também foi acionado para auxiliar na busca. Por volta das 20h, os destroços da aeronave foram encontrados. Depois de pouco mais de uma hora de busca, o corpo da vítima foi encontrado.

Testemunhas disseram que parte da hélice teria atingido a fiação elétrica antes do acidente. Por conta disso, o entorno do Parque Mambucaba e todos os bairros de Paraty ficaram sem luz.

Foto: reprodução / mídia social

Parte da fiação caiu no km 531 da Rio-Santos e a rodovia teve que ser fechada nos dois sentidos. Por volta das 21h, o tráfego continuou no acostamento. (Assistir vídeo)

A PRF informou que os fios não estavam energizados. Ainda não há prazo para retirada da fiação da pista. Após o acidente, a assessoria de imprensa da Presidência da República confirmou que a aeronave envolvida no acidente não fazia parte da delegação do presidente Jair Bolsonaro, que esteve nesta sexta-feira em Angra dos Reis para almoçar com o prefeito Fernando Jordão. Ele saiu da cidade no final da tarde e já estava no Rio de Janeiro.

Em nota, a Enel Distribuição Rio informou que o fornecimento de energia elétrica está interrompido em Paraty e parte de Angra dos Reis, e que técnicos da empresa estão trabalhando na fiscalização da linha para localizar o trecho danificado da rede elétrica.

.