Polícia Civil proíbe hotel em Ipanema após queda e morte de jovem | Rio de Janeiro

A Polícia Civil do Rio de Janeiro interditou um hotel em Ipanema, na Zona Sul do Rio, após a morte de um jovem, no sábado (27). No local, segundo a polícia, aconteceu uma festa sem autorização da prefeitura.

Ainda segundo a polícia, Guilherme Lara de Barros Brito, 21, estava em uma festa de aniversário, na área da piscina do L’Homme de Rio Boutique Hotel, quando caiu de uma altura de 15 metros.

Guilherme caiu do lado de fora do hotel, em um penhasco com scrub. O menino foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros, tratado em um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no domingo (28).

Foi realizada investigação no hotel e as imagens do circuito interno foram solicitadas para análise da polícia na tentativa de esclarecimento do caso.

O delegado Felipe Santoro, da 13ª DP (Ipanema) interditou o local para realização do exame pericial e manteve a proibição de hotéis por descumprimento de decretos estaduais e municipais que impõem restrições ao enfrentamento da pandemia, como proibição de festas neste período .

“Além das circunstâncias da morte, os policiais apuram a responsabilidade dos envolvidos e dos partidários do hotel, que poderão ser acusados ​​do crime de violação de medida preventiva sanitária, prevista no artigo 268 da Pena. Código “, disse o delegado Felipe Santoro, da 13ª DP (Ipanema).

Source