Polícia de SP prende mulher suspeita de participação em roubo em agência do Banco de Criciúma | São paulo


Ela foi localizada, após denúncia, no Jardim Reimberg, Zona Sul de São Paulo. Com a mulher, a polícia encontrou malotes com dinheiro do Banco do Brasil, que serão examinados.

A suspeita é que a mulher atue na organização logística de roubos como o ocorrido em Criciúma, transportando munições, celulares e prestando apoio operacional à quadrilha. Ela é casada com um homem que também é suspeito de ter participado de vários assaltos a banco no país, cuja prisão preventiva também solicitou a Polícia Civil de São Paulo.

Com a mulher foram apreendidos munições de fuzil 7,62 mm, transmissões de rádio, bolsas vazias de banco do Brasil e armas proibidas. Ela foi presa em flagrante delito por porte ilegal de armas e tráfico de drogas.

Celulares, armas e um carro foram encontrados com suspeita de participação na logística do crime – Foto: Polícia Civil / divulgação

Segundo boletim de ocorrência registrado na 25ª Delegacia de Polícia (Parelheiros), os investigadores a localizaram após receber denúncias de que uma pessoa envolvida no crime em Criciúma estava escondida na Zona Sul de São Paulo.

No local da prisão do suspeito, a polícia também encontrou seis tijolos de cocaína, dez telefones celulares e uma caixa contendo fusíveis de gatilho explosivo.

Um carro vermelho da Fox também foi apreendido. A polícia investiga se o veículo foi usado para fugir de criminosos do assalto em Santa Catarina.

A investigação está sendo conduzida pela 6ª Seção da Polícia Civil, na Zona Sul de São Paulo.

VÍDEO: Imagens mostram momento de filmagem em Criciúma, SC

O megassalto ocorreu na madrugada desta terça-feira (01), quando uma quadrilha cercou o Centro de Criciúma, no sul de Santa Catarina, para roubar um banco – veja o vídeo acima. O grupo fortemente armado invadiu o tesouro regional de um banco, provocou incêndios, bloqueou ruas e acessos à cidade, usou reféns como escudos e disparou várias vezes.

A polícia encontrou 10 carros usados ​​pelos criminosos. Os veículos estavam em um milharal em Nova Veneza, cidade vizinha, e eram de “alta potência e grande valor comercial”, segundo o cacique Vitor Bianco.

  • FOTOS: Imagens mostram vestígios de violência no ataque
  • CRONOLOGIA: Entenda como o ataque aconteceu
  • Cerca de 30 encapuzados assaltaram uma agência do Banco do Brasil no Centro de Criciúma às 23h50 desta segunda-feira (30). A ação durou 1 hora e 45 minutos.
  • Pessoas foram feitas reféns e cercadas por criminosos; havia bloqueios e barreiras para impedir a chegada da polícia.
  • Um PM e um guarda ficaram feridos. Ninguém morreu. O PM teve que passar por três cirurgias.
  • Os criminosos fugiram e parte do dinheiro foi espalhado pelas ruas. Quantidade capturada e abandonada não foi informada.
  • Quatro moradores foram detidos após a arrecadação de R $ 810 mil que ficaram no chão por conta da explosão durante o assalto.
  • Os criminosos também deixaram 30 quilos de explosivos para trás.
  • 10 carros usados ​​no assalto foram apreendidos em um milharal
  • O PM acredita que pelo menos dois criminosos foram feridos.
  • Em nota, o Banco do Brasil disse que os funcionários não ficaram feridos, que não há previsão de reabertura da agência e que não informa “valores subtraídos durante ataque às suas instalações”.

Bandidos atacam agência bancária e fazem reféns em Criciúma / SC

Bandidos atacam agência bancária e fazem reféns em Criciúma / SC

  • ‘Foi assustador’, diz o residente após a filmagem
  • Criminosos deixaram a cidade de trem: ‘Surreal’, diz o prefeito

Criciúma tem cerca de 217 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e fica 200 km ao sul da capital catarinense, Florianópolis, e 285 km ao norte da capital gaúcha, Porto Alegre. A economia do município é baseada principalmente na exploração de carvão, indústria, agricultura e pecuária.

Cronologia do assalto a banco em Criciúma – Foto: Arte G1

ASSISTÊNCIA E DISPARO EM CRICIÚMA

Vídeos: tudo sobre São Paulo e a Região Metropolitana