Presidente do Atlético-MG: “Torço contra mim mesmo e adoro ver o Flamengo se fragmentando” | Atlético-mg


Nas últimas semanas, o Flamengo foi eliminado da Copa do Brasil (pelo São Paulo) e da Libertadores (pelo Racing). As saídas dos dois torneios geraram uma série de provocações de rivais nas redes sociais, sendo uma delas (ver abaixo) foi republicado pelo perfil oficial de Atlético-MG e por seu atual presidente, Sérgio Sette Câmara.

Em uma entrevista com Rádio de massa, concedida nesta quinta-feira, o representante do Galo comentou a provocação. A princípio, brincou que a republicação foi feita pelo “estagiário”. Em seguida, falou abertamente que torce pelo Flamengo e relembrou a história de rivalidade entre os dois clubes. Sette Câmara está na reta final do mandato, já que o Atlético tem eleições no dia 11, e ele não é candidato à liderança do clube nos próximos três anos. Sérgio Coelho será seu sucessor.

“Na verdade torço contra e adorei ver o Flamengo se fragmentar. Pronto” – Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético.

Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG – Foto: Pedro Souza / Atlético-MG

– Sou um atleta de quatro lados. Claro, às vezes (muda) o perfil, terno e gravata e tal. Estou morrendo de vontade de usar meu tênis, bermuda, camisa do Galo, e poder ir jogar, tomar cerveja com os amigos, sair daí ouvindo rádio, comendo pipoca. Isso é bom demais. Estar vestido com uma cartola é uma merda. Tenho 55 anos. Como todo atleta da minha idade, ficamos muito bravos com esse pessoal do Flamengo, é verdade. Fomos muito afetados pela arbitragem nos jogos contra o Flamengo. Hoje você vê o Zé Roberto Wright dentro da CBF, pra mim é uma ofensa.

José Roberto Wright foi o dono do apito no jogo de desempate entre Flamengo e Atlético, que valeu uma vaga na fase semifinal da Libertadores de 1981. A atuação do ex-árbitro neste jogo gera revolta no Atletismo até hoje (ele afirma que não cometeu um erro) A partida terminou com a expulsão de cinco jogadores do Galo. Um ano antes, na final do Brasileirão de 1980, o Atlético também reclamou muito da arbitragem no duelo com o mesmo Flamengo.

Sérgio Sette Câmara referiu ainda que, nos duelos recentes, Galo ganhou.

– No ano passado, ganhamos um e perdemos outro (no Brasileirão). Este ano vencemos as duas lutas, uma delas foi uma goleada. Eles estão fora da Copa do Brasil, fora da Libertadores, são nossos grandes adversários no cenário nacional. Pelo menos para minha geração, sempre foi. Estou indo embora, certo amigo? Não vou perder uma oportunidade como essa de deixar um recado para aqueles que tanto nos pegaram e levaram o título pela mão grande.

Melhores momentos: Atlético-MG 4 x 0 Flamengo, pela 20ª rodada do Brasileirão

O Brasil 2020 pode enriquecer a história de rivalidade entre Atlético e Flamengo. Galo é o atual líder, com 42 pontos, três a mais que Rubro-Negro, atualmente na 3ª colocação. Nas partidas diretas, vitórias atléticas: 1 a 0 no Maracanã e 4 a 0 no Mineirão (analise os lances no vídeo acima), resultado que ocasionou a renúncia de Domènec Torrent, que foi substituído por Rogério Ceni.