Procon exigirá que a Apple dê carregador para compradores de iPhone em SP


Tudo sobre

Saiba tudo sobre o iPhone

Ficha de dados

Após notificar a Apple sobre a retirada do carregador de parede da embalagem do iPhone, o Procon-SP anunciou que exigirá que a empresa forneça o acessório gratuitamente aos clientes. A informação foi publicada pela coluna de Mônica Bergamo em Folha de S.Paulo.

Procurado por Canaltech, a agência de comunicação do órgão paulista confirmou a decisão. Mas, ao contrário do que foi publicado por folha, a determinação vale para todos os modelos da marca, não se restringindo ao iPhone 12, conforme publicado pelo jornal.

A fundação de proteção ao consumidor exigirá que o carregador seja disponibilizado aos compradores que solicitarem o acessório. A decisão deve valer para todo o estado de São Paulo. Caso o fabricante descumpra a decisão, estará sujeito a multa após análise pela fiscalização do órgão.

Para os clientes que não são atendidos pela marca, a agência orienta que procurem os canais de atendimento do Procon-SP, que tomará as providências cabíveis.

O Procon-SP notificou a Apple em outubro, antes do lançamento da linha do iPhone 12 no Brasil, pedindo esclarecimentos sobre a não inclusão do carregador de parede no celular.

O carregador de parede (e os fones de ouvido) até foram retirados da caixa dos modelos antigos (Imagem: reprodução / Apple)

Apple responde

Em resposta à notificação, a Apple disse que a decisão visa “reduzir as emissões de carbono e o lixo eletrônico” porque, de acordo com o fabricante, os carregadores incluídos na caixa não foram usados ​​já que “existem muitos desses dispositivos no mundo” .

Segundo o entendimento do Procon-SP, o consumidor tem a expectativa de que o celular venha com o adaptador de alimentação, já que é essencial para a utilização do produto.

“É inconsistente vender o aparelho desacompanhado do carregador, sem revisar o valor do produto e sem apresentar um plano de coleta de aparelhos antigos, reciclagem etc. Os carregadores devem ser colocados à disposição do consumidor que os encomenda”, afirmou Fernando Capez, diretor executivo da agência de São Paulo.

O Procon-SP também anunciou que vai exigir da Apple um plano viável de reciclagem de produtos (celular e adaptadores), incluindo propostas de logística reversa e destinação correta.

Fonte: Procon, Folha de S.Paulo

Gostou deste artigo?

Assine seu e-mail no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas novidades do mundo da tecnologia.