São Paulo empresta ao Paraguai goleiro envolvido em polêmica

O São Paulo fechou contrato de empréstimo com o goleiro Jean ao Cerro Porteño, time do Paraguai. O anúncio oficial foi feito pela nova equipe do arqueiro na noite desta sexta-feira por meio das redes sociais. Aos 25 anos, chega ao novo clube com contrato válido por uma temporada.

Pelo contrato, o Cerro Porteño tem a opção de comprar Jean por 100% do passe do jogador por US $ 2,8 milhões. São Paulo ainda receberá mais R $ 1 milhão de indenização. Jean chegou ao Morumbi no final de 2017, vindo da Bahia. Na altura, o negócio foi de 2,5 milhões de euros por 75% dos direitos do atleta.




Goleiro paulista, Jean é emprestado ao Cerro Porteño, do Paraguai.

Foto: Reprodução / Cerro Porteño Twitter / Estadão

Seu atual contrato com o São Paulo vai até o final de 2022, o que sugere que ele não faz parte dos planos para o futuro do clube paulista. Jean disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Atlético-GO, onde disputou 46 partidas e marcou seis gols, sendo cinco nos pênaltis e um na rebote.

Em dezembro de 2019, o arqueiro se envolveu em uma polêmica por ser detido em Orlando, nos Estados Unidos, acusado de agredir sua esposa Milena Bemfica. Ele foi preso por um dia e depois solto após pagar fiança. O São Paulo optou por suspender o contrato e depois emprestou para o time goiano. Em janeiro de 2020, o escritório do promotor da Flórida pediu ao tribunal dos EUA para registrar a queixa.

Estadão

  • separador

Source