São Paulo visita o Corinthians com a maior diferença de pontos desde o “gol do Betão”


Tricolor chega ao Neo Química Arena 20 pontos acima do rival, a maior distância desde a volta do Timão à Série A brasileira

O São Paulo é o líder do Campeonato Brasileiro, vem embalado com goleada sobre o Botafogo e já começa a sonhar concretamente com o título nacional. O compromisso deste domingo, porém, é um campeonato à parte para o clube: enfrentar o Corinthians na Arena Neo Química, local que nunca saiu vitorioso, neste domingo, às 18h15 (de Brasília).

Para tentar acabar com um tabu incômodo, o Tricolor tem a seu favor o fato de chegar à partida de maior distância sobre o grande rival desde 2007, no jogo que foi marcado pelo gol do zagueiro Betão.

Naquela época, já muito perto do título nacional, a equipe de Muricy Ramalho tinha incríveis 29 pontos a mais que o Corinthians na época do clássico, disputado em 7 de outubro. Eram 63 pontos contra 34 do Corinthians na época do torneio , que atingiu sua 30ª rodada.

Com um resultado surpreendente pela grande diferença entre as duas equipes, o Timão nunca esteve tão atrás do São Paulo desde que voltou da Série B do Brasileiro, em 2009.

O recorde pertenceu ao confronto entre as duas equipes pelo brasileiro 2018, quando o clube do Morumbi chegou a Itaquera com 18 pontos de vantagem sobre o Corinthians antes do empate em 1 a 1.

Do lado negro do clássico, a maior distância apurada foi em uma data trágica para os paulistas: a histórica derrota por 6 a 1, feita no dia em que os homens de Tite receberam a taça do hexacampeão brasileiro, em 2015 .

Na ocasião, mesmo com o São Paulo na quarta colocação, o Corinthians chegou a 21 pontos de vantagem sobre o adversário para o duelo, um a mais que a soma a favor do tricolor neste final de semana.

.