Senado pode votar esta semana projeto de lei que prorroga prazo para imposto de renda

(Crédito: Marcello Casal Jr / Agência Brasil)

Propostas para enfrentar os efeitos da pandemia covid-19 estarão na pauta de votação do Plenário do Senado esta semana, segundo parlamentares que participaram de reunião de lideranças nesta segunda-feira (5).

Entre os projetos que devem constar em pauta, ainda não divulgados, está o PL 639/21, que prorroga o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física em 2021 para três meses.

Por conta da pandemia e das greves econômicas, o projeto – aprovado na última semana na Câmara – adia para 31 de julho o prazo para apresentação da declaração de imposto de renda. O prazo atual, se não houver alterações, termina no dia 30 de abril. As informações sobre o projeto foram divulgadas pelo senador Plínio Valério (PSDB-AM), que teria sido eleito relator da matéria no Senado durante reunião de lideranças.

Uma lista com propostas sobre a pandemia foi apresentada nesta segunda-feira pelo senador Izalci Lucas (PSDB-DF). Com base nisso, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, organizará a pauta de votação.

Segundo o líder da minoria, senador Jean Paul Prates (PT-RN), o foco das reuniões das lideranças tem sido buscar formas de mitigar os efeitos da pandemia e buscar soluções para a crise de saúde.

“É muito difícil falar sobre qualquer outra coisa neste momento que não seja uma pandemia”, disse Jean Paul em entrevista coletiva após a reunião.

Entre outros itens na mira dos senadores está a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 4/2021, do senador Otto Alencar (PSD-BA).

Batizada de PEC Major Olímpio em homenagem ao senador falecido em março, vítima do covid-19, a proposta estabelece imunidade tributária por cinco anos para vacinas.

Outro projeto que recebeu apoio de senadores durante o encontro e que poderá figurar na pauta de votação nas próximas semanas é o PL 2.083 / 2020, do senador Acir Gurgacz (PDT-RO), que cria um programa específico de acolhimento de pessoas que estão em sofrimento emocional devido ao isolamento social.

Projetos de valorização dos profissionais de saúde – como o Projeto de Lei 1.795 / 20, do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), que autoriza a dedução da base de cálculo do Imposto de Renda da Pessoa Física pela compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) pela saúde profissionais – também estão entre as prioridades das lideranças partidárias.

Outra proposta em discussão é o Projeto de Lei (PL) 939/2021, do senador Lasier Martins (Pode-RS), que proíbe reajustes de medicamentos acima de 10%, em decorrência da crise econômica e humanitária provocada pela pandemia de covid-19 .

Armas

Outra questão urgente, segundo parlamentares, é a votação de projetos de decretos legislativos, como o PDL 55/2021, que visam barrar decretos do governo federal que flexibilizam a aquisição, registro, posse e porte de armas. Mas ainda não há definição de quando eles serão incluídos na pauta.

Como declarar investimentos em RI?
Baixe um e-book gratuito que explica como declarar seus investimentos (e quais são isentos) no Imposto de Renda:

Source