Taubaté cede um set, mas vence Campinas e abre vantagem na série semifinal da Superliga | vôlei

Taubaté e Campinas são velhos conhecidos. Já se enfrentaram nas decisões do campeonato e em jogos importantes da temporada. O retrospecto é favorável ao elenco taubateu. Na primeira partida da melhor série de três jogos da semifinal da Superliga, disputada nesta quarta-feira, na bolha formada pela CBV no CT de Saquarema, Taubaté aumentou o histórico de vitórias. Ele fez 3 sets a 1, com parciais de 25/23, 25/17, 21/25 e 25/17, e esteve mais perto da marca na final.

As duas equipes retornam à quadra no próximo sábado, às 21h, novamente na bolha criada no CT de Saquarema. O SporTV2 transmite ao vivo. Na outra chave, Minas e Itapetininga também brigam por uma vaga na decisão. A série é de 1 a 0 para o time mineiro.

+ Confira a tabela completa da Superliga Masculina

Bruninho comemora vitória sobre Campinas na semifinal da Superliga – Foto: William Lucas / Inovafoto / CBV

Maurício Souza deixou a quadra com o prêmio de melhor da partida em voto popular. O campeão central e olímpico somou oito pontos e ajudou a construir o placar, assim como o ponteiro e também campeão olímpico Douglas Souza, maior arma ofensiva de Taubaté, com 18 pontos. Os adversários Leandro Vissotto e o ponteiro Vaccari, ambos campineiros, foram os artilheiros da partida com 19 rebatidas.

Atual campeão, Taubaté quer brigar pelo segundo campeonato. Campinas, por sua vez, tenta voltar a uma final da competição. Com nove títulos nacionais, mas nenhum nos anos da Superliga, não toma a decisão desde a temporada 2015/2016 – quando perdeu para o Cruzeiro.

Sabendo usar bem o saque, Campinas partiu na frente. Mas Taubaté logo tocou no placar. Durante o primeiro set, não houve vantagem superior a dois pontos. As equipes jogaram um jogo bastante equilibrado, principalmente no sistema defensivo. O levantador e campeão olímpico Bruninho soube distribuir bem as bolas. Todos os atacantes de Taubaté marcaram. Do lado campineiro, o oposto Leandro Vissotto foi bastante acionado. Um bloqueio de Bruninho em cima da ponteira de Vaccari deu a Taubaté um parcial: 25 a 23.

Maurício Souza sobre bloqueio para impedir Campinas – Foto: William Lucas / Inovafoto / CBV

Como no set anterior, Campinas abriu o placar. Taubaté fez três pontos consecutivos e assumiu a liderança. Com sequência de retiradas forçadas do central e campeão olímpico Lucão, o Taubaté soma quatro pontos de vantagem. Mas foi a serviço do ponteiro e campeão olímpico Maurício Borges que Taubaté conseguiu a diferença que garantiu a vitória da parcial. Tudo começou a dar certo para o time taubateu, do bloqueio ao ataque. Para Campinas, porém, muitos erros bobos como tocar na rede e dar a largada. Taubaté encerrou de 25 a 17.

Taubaté iniciou o terceiro set com a segunda largada do levantador e campeão olímpico Bruninho. O oposto Felipe Roque conseguiu uma ótima sequência no saque que deu à frente do placar para o time taubateano. Ele também foi eficiente no ataque. Mas Campinas soube reagir com o ponteiro Vaccari e mostrou a mesma disposição do primeiro set. O jogo estava equilibrado novamente. Com o oposto Leandro Vissotto na rede, o time campineiro subiu na quadra e abriu cinco pontos no placar. Depois de um bom rally em quadra, Campinas venceu a parcial por 25 a 21.

Eficiente no bloqueio, o Taubaté largou na frente. Mas Campinas logo tocou no placar. As equipes jogaram um jogo equilibrado até a metade do quarto set. Com dores no pescoço, a atuação do oposto Leandro Vissotto caiu muito, e o time campineiro sentiu a mudança de seu jogador mais experiente. O apontador e campeão olímpico Douglas Souza somou pontos importantes, mas foi pelas mãos do adversário Felipe Roque o ataque que deu a Taubaté a vitória: 25 a 17

Source