Trabalhadores voltam para fábrica da Mercedes em JF

Após dez dias de recesso, os trabalhadores da Mercedes-Benz retomaram as atividades em Juiz de Fora na segunda-feira (5). A produção foi paralisada após reunião entre a direção da empresa e representantes do Sindicato dos Metalúrgicos, quando foi decidido antecipar feriados e utilizar banco de horas para que os profissionais pudessem ficar em casa durante o agravamento da pandemia Covid-19.

O retorno aconteceu com parte do quadro de funcionários de 850 funcionários. De acordo com a assessoria da montadora, parte dos profissionais que atuam na linha de produção recebeu férias coletivas. “Com isso, teremos um grupo de produção menor mantendo os protocolos à distância, mas continuaremos atendendo nossos clientes”, explicou em nota. As equipes do setor administrativo continuam no home office.

O conteúdo continua após o anúncio

Ainda de acordo com a empresa, continua em vigor a adoção de protocolos de segurança sanitária na rotina dos trabalhadores. “Também temos conduzido várias campanhas de orientação para nossos funcionários e familiares sobre todos os cuidados necessários contra a Covid-19.”

A paralisação entre 26 de março e 4 de abril correspondeu à antecipação dos feriados em Tiradentes (21/04), Corpus Christi (6/3) e Independência (9/7), além de dois dias de folga computados pelo horário bancário. A mesma medida foi realizada na fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, que também retomou as atividades nesta segunda-feira.

Nova reunião

Representantes do Sindicato dos Metalúrgicos de Juiz de Fora acompanharam o retorno dos trabalhadores à fábrica, devendo ser agendada nova reunião com a diretoria da empresa. “Correu tudo normalmente, mas vamos manter o contacto para saber se haverá novas medidas de segurança a serem implementadas”, afirmou o Presidente João César da Silva.

Source